quarta-feira, 20 de março de 2013

Nossa Pandora Particular

Não somos feitos somente de carne e osso.
Não somos feitos somente de espirito e alma, pode soar contraditório, mas é assim mesmo.
Dentro de todos nós há uma Pandora Particular, uma caixinha de segredos.
Mamãe dizia que toda criança quando nasce vem com a sua caixa de particularidades e depende dos pais ajudá-las a tirar delas o seu melhor.
O tempo passa, a gente cresce, o livre arbitrio de fato se manifesta. Vira Padora Particular. Arquivo de nossos mais intimos segredos.
Com o tempo, além de tirarmos, passamos a entender que a Pandora pode ser preenchida também, afinal de contas, ela tem bastante espaço.
Preenchemo-a de sentimentos bons e ruins, de memórias boas e ruins, de emoções e experiencias.
Com a ajuda do tempo aliado ao nosso egoismo, não deixamos que mais nada saia.
Hora ou outra, e isso de fato acontece em algum tempo, ela enche e transborda.
O que é bom fica misturado ao ruim e vice-versa.
As cores antes tão bem separadas já não mais se distinguem.
Voltamos a ter necessidade de que outros "nossos pais", nos ajudem a tirar o bom dela, e jogar fora o ruim.
Esses "pais" são nossos amigos, irmãos de sangue ou não, terapeutas e outros tão importantes quanto.
Hoje, começo a conseguir a decorar minha Pandora Particular com as cores que mais gosto.
Volto a colecionar fotos, cartas, perfumes de épocas felizes.
Hoje, minha Pandora pessoal está ganhando uma nova roupagem, coitadinha, estava tão precisada.
E a sua Pandora Particular, como está?

2 comentários:

Clau disse...

Oi Cucla \o/
Minha pandora particular,deu uma boa melhorada de uns 2 anos pra cá!!
(A decoração fica linda quando adicionamos a ela sentimentos transparentes,boas lembranças e experiências diversas).
Muito legal sua postagem.
bjs :)

Lúcia Soares disse...

Há tempos não mexo na minha caixinha de possibilidades...
Beijo, Cucla.
(Fico feliz, a cada vitória sua, para viver melhor, para viver sem, mas sabendo que está sempre com. - assim mesmo, cifrado. Você entende.)