quarta-feira, 11 de julho de 2012

Nossa safistação

A felicidade está intimamente ligada com a escolha da vida e não a satisfação financeira, todo mundo sempre quer ganhar um pouco mais para comprar alguma coisa a mais.


Desde que as necessidades básicas, que varia de pessoa para pessoa não estejam faltando, são nossas escolhas que nos fazem sentir mais felizes ou não.

Já tive muito mais grana e poder de compra do que agora, mas não tinha a satisfação pessoal que tenho hoje, era explicito que quando faltava grana poucos ficavam, e com isso eu ficava triste.
 Dei uma guinada total, me coloquei diante das minhas necessidades como ser humano e escolhi a satisfação pessoal à satisfação financeira em primeiro plano.

As sensações que uma reunião de amigos, mesmo com a grana mais curta, uma lembrancinha para uma pessoa especial ao invés de um mega presente, um churrasquinho no quintal me fazem muito mais feliz que um IPAD de ultima geração.

De grana eu posso ter e conquistar a qualquer tempo, carinho, amor, afeto, desejo e atenção, somente quando cuidar e desenvolver meus relacionamentos, e isso não tem preço.

Hora de dar outra guinada, sacudir o comodismo e correr atras do que só eu posso fazer por mim.


4 comentários:

Brechique da Dodoca disse...

Oi, minha querida!
Suas palavras são perfeitas! Sábias!
Quando casei pela segunda vez, há quase dez anos, ao mudar-me, descobri que tinha três pares de sapatos ainda na caixa, sem nunca terem sido usados!!! E nem lembrava mais deles! Por que então os comprara?
Esse acontecimento foi muito importante pra mim: eu achava que vivia com o que eram as minhas necessidades básicas até então, imagine! E que necessidade era essa que ainda não tinha tido utilidade nos últimos (penso que uns três) anos?
São as grandes descobertas que Deus nos permite fazer. Para uns demora mais (eu, por exemplo), outros, como vc, saem na frente!
Parabéns, querida, por este senso de direção na vida!
Bjsssssssssssss, quérida!

Mi disse...

Cucla você acredita que parei de ler o blog da gostosuras, porque ainda mão consegui superar a partida dela? E eu nem a conhecia pessoalmente, tem coisas inexplicáveis...
Bj grande.

Clau disse...

É isso aí Cucla,sair do comodismo,da chamada zona de conforto,é que fará toda diferença...
Muito bom ler seu post.
Adorei isso:
'são nossas escolhas que nos fazem sentir mais felizes ou não.'
Concordo em gênero,número e grau!
Bjs!

Josy disse...

Cucla querida, vc está certissíma, é hora de mudar essa situação e o segredo de tudo passa sempre pela disposição individual em fazer diferente e mudar. Adorei seu texto. Bjinhos